O Tchutchucão, ou Leco, chamou a minha atenção na rua há 1 ano, e
desde então, eu fiz o que pude por ele. Dei comida, médico e um pingo
de conforto. Ele superou dois atropelamentos, doença do carrapato e
uma desnutrição profunda. Estava abrigado em um teto provisório, um
estacionamento. O novo gestor do local não o quer. Considera o
cachorro um estorvo e disse com todas as letras que não quer mais
ouvir falar no animal (a quem ele chama de “problema”). Quis retirá-lo
à força de lá, sem que eu pudesse ao menos saber para onde iria. Disse
para mim que o elo seria cortado definitivamente.

Enfim, estou em uma procura incessante por um lar pra ele. Ele é
grande, então precisa morar em casa ou sítio.

O dono do estacionamento me deu prazo apenas até o dia 29 deste mês
para tirá-lo de lá.

Contato: Roberta – https://www.facebook.com/roberta.seti

dog

Anúncios